O que é uma madeira certificada?

Home Madeiras O que é uma madeira certificada?

A importância da madeira certificada

Atualmente não é difícil encontrar o selo FSC Brasil em móveis ou madeiras estruturais para construção de residências.

O FSC é um sistema de certificação florestal que identifica os produtos fabricados com madeira certificada, de manejo florestal.

O selo, a princípio, é a garantia de que o móvel ou a estrutura de madeira provém de uso responsável de produtos florestais, dando aos consumidores a certeza de que estão contribuindo com o meio ambiente e consumindo produtos de uma forma sustentável, atendendo as necessidades ambientais e sociais.

O FSC é concedido pela organização não governamental de mesmo nome, a Forest Stewardship Council (Conselho de Manejo Florestal), que foi criada para contribuir com o manejo florestal não predatório, como também o Certflor.

O Programa Brasileiro de Certificação Florestal, que seguem critérios e indicadores estabelecidos em normas da ABNT, a Associação Brasileira de Normas Técnicas, integradas ao Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade e ao INMETRO, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia.

Em que produtos se usa madeira certificada?

A madeira certificada com o selo identifica os produtos fabricados com madeiras provenientes de manejo florestal, embora o selo também possa ser aplicado em qualquer matéria prima de origem florestal.

Além da madeira estrutural e das usadas para fabricação de móveis, PORTAS, JANELAS, etc., também podem ser certificados produtos como assoalhos, batentes, embalagens, celulose, cosméticos e mesmo produtos alimentícios que tenham proveniência florestal, como castanhas, por exemplo, podendo vir de plantações específicas de manejo ou de florestas naturais.

Selo do IBAMA

As principais madeiras certificadas são Ipê, CUMARU, ANGELIM e o cedro, que são espécies nativas da Amazônia, também com o selo de madeira certificada, já que provem de manejo sustentável.

FSC, responsável pelo selo de madeira certificada

A FSC Brasil é a responsável pela habilitação de certificações para o uso de produtos provindos do meio ambiente.

A certificação é feita através de empresas especializadas que, no processo de certificação, devem exigir o empreendimento uma série de procedimentos e regras.

Para atestar o atendimento de todos os procedimentos e regras, a agência certificadora deve realizar uma auditoria, antes de conceder o selo.

Esses princípios devem ser seguidos para assegurar que as empresas estão cuidando dos problemas ambientais, sociais e econômicos em sua atividade, garantindo também a correta utilização dos recursos naturais, da saúde e da segurança no trabalho, promovendo  bem estar das comunidades de sua região e das partes interessadas.

Selo de Madeira Certificada

Devemos, contudo, atentar para o fato de que uma madeira certificada não é a mesma coisa que uma madeira legal.

A madeira legal é aquela extraída atendendo as exigências da legislação, podendo ser comercializada através de licença ambiental ou atendimento à legislação para sua exploração.

A madeira certificada, por seu turno, considera diversos aspectos para ser explorada e utilizada, com os problemas ambientais, sociais e econômicos de atividades realizadas na floresta.

Assim, toda madeira certificada é legal, embora nem toda madeira legal tenha o selo de certificação.

Os produtos fabricados com madeira certificada, no entanto, custam muito mais do que aqueles que não trazem o selo da certificação, e essa é uma condição não está de acordo com os custos reais, uma vez que a madeira certificada, atualmente, custa apenas 5% a mais do que a madeira não certificada.

Manejo Sustentável da Madeira
Manejo sustentável da madeira

Verificando a madeira certificada

Para o consumidor verificar e ter certeza de que o produto que escolheu é feito a partir de madeira certificada, o FSC Brasil possui um banco de dados em seu site, onde é possível verificar a autenticidade do mesmo através do nome da empresa ou do número do selo.

O sistema também possui a Cadeia de Custódia, que se aplica aos selos industriais e comerciais do produto certificado.

Assim, por exemplo, uma indústria que processa uma tora de origem florestal, passando os produtos para revenda, recebe a certificação de Cadeia de Custódia, garantindo a origem da madeira certificada.

Com esse método, é possível rastrear o produto desde o consumidor final até sua origem, avaliando os critérios sociais e de segurança ocupacional na indústria que começou a cadeia, garantindo que o consumidor esteja levando para sua casa um produto cuja extração não provocou danos ambientais, danos à sociedade ou qualquer prejuízo à sociedade e à economia do local onde foi retirada a madeira certificada.

O que é preciso fazer, a partir desse processo, é conscientizar o consumidor a adquirir apenas produtos fabricados com madeira certificada, possibilitando que haja maior controle ambiental e colaborando para manter uma sociedade sustentável, sem agredir as matas nativas e a natureza de uma forma geral.

Madeira com Certificado
Exemplo de uma madeira certificada

Artigos Relacionados

 
×