Porta Sanfonada De Madeira

Home Portas Porta Sanfonada De Madeira
Porta Sanfonada De Madeira

A porta sanfonada de madeira é um modelo muito utilizado na construção civil, independente do estilo da casa. Além das portas, é possível encontrar janelas no mesmo estilo.

Esse tipo de porta traz uma vantagem muito, mas muito interessante e que favorece qualquer tipo de ambiente. Por isso, quem está pensando em construir ou reformar deve considerar a porta sanfonada em alguns de seus cômodos.

Aqui será falado um pouco mais sobre esse modelo de porta, quais são suas principais aplicações, quais são as madeiras mais utilizadas na sua construção, como escolher a madeira e muitas outras informações.

O que é a porta sanfonada de madeira?

A porta sanfonada de madeira é um estilo tradicional, apesar de parecer mais moderno.

Essa porta é caracterizada por possuir várias folhas e corre em uma única direção horizontal. Ou seja, ela não é aberta puxando a maçaneta em sua direção, ela é empurrada para o lado.

Antigamente era muito comum encontrar esse modelo em PVC, mas a madeira ganhou lugar devido suas características. Obviamente é uma versão mais cara, mas quando feita nesse material é possível agregar otimização de espaço e elegância ao mesmo tempo.

Não é segredo para ninguém que as portas de PVC não são muito elegantes, deixando o design do cômodo a desejar.

A porta sanfonada, então, é exatamente como o próprio nome descreve: uma sanfona. As placas são ligadas e quando a porta é aberta elas se juntam e se concentram ocupando o mínimo de espaço.

Em muitas ocasiões a porta sanfonada de madeira é confundida com a chamada Porta Camarão. O mecanismo das duas é o mesmo, mas a Porta Camarão possui menos tábuas, ou seja, suas folhas são mais largas.

Apesar de seguir o mesmo estilo, a Porta Camarão não passa tanto a impressão de sanfona.

Sobre o material, é comum que a porta sanfonada seja feita somente em madeira, mas há alguns modelos que mesclam com vidro (normalmente quando são portas grandes e externas).

E por que escolher uma porta sanfonada? Ela tem um detalhe precioso: economiza muito espaço.

Como a porta é aberta na horizontal há um grande ganho de espaço! Então, para muitos cômodos é uma opção extremamente interessante.

A desvantagem do modelo pode estar na questão acústica. Mesmo com a porta fechada ainda haverá mais frestas que uma porta convencional. Entretanto, quando feito de madeira maciça esse problema é amenizado.

Em quais ambientes esse tipo de porta vai bem?

Sabendo da principal característica da porta sanfonada de madeira fica fácil entender onde ela se aplica: em locais que tenham pouco espaço.

É por isso que essa porta é comumente encontrada em apartamentos, principalmente como portas de banheiro.

Entretanto, a sua versão em madeira é realmente sofisticada e diferenciada, sendo uma ótima opção para a maioria dos cômodos. A porta tem, de fato, um design bem interessante e traz um “quê” mais moderno para o ambiente.

Além disso, não há casa ou apartamento que não fique melhor ao ser mais espaçosa.

Uma aplicação bem interessante é como porta para sacadas, pois normalmente são áreas menores e o aproveitamento de espaço fica muito mais interessante com a porta sanfonada de madeira.

A única coisa que deve se atentar é sobre a espécie da madeira, pois há algumas que não devem ser colocadas em ambientes externos (estraga muito mais rápido).

Por isso, conhecer mais sobre as principais espécies de madeira usada para portas sanfonadas é essencial.

Quais são as principais madeiras usadas para fazer uma porta sanfonada de madeira?

Existem várias espécies de madeiras e cada uma possui as suas respectivas características. Consequentemente, cada madeira se encaixa melhor para determinada aplicação.

Quando estamos falando de porta sanfonada de madeira algumas espécies se destacam devido suas vantagens. A seguir há uma relação com as madeiras comumente usadas para esse tipo de porta:

  • Madeira Cumaru

Essa espécie de madeira é encontrada no Norte do Brasil e vem crescendo muito no mercado de portas e janelas de madeiras, principalmente por proporcionar peças de grandes dimensões.

Além disso, a madeira Cumaru tem uma alta durabilidade, mesmo em ambientes externos, onde a porta acaba sofrendo com agentes de intemperismo (sol e chuva, por exemplo).

É uma madeira que possui alta resistência à umidade, mais um motivo pelo qual seu uso externo é recomendado.

Entretanto, é uma madeira com um valor agregado mais alto, mas a qualidade vale a pena para quem deseja investir em um material de qualidade.

Há algumas variedades da madeira que apresentam uma qualidade um pouco inferior (e preços mais em conta), como a Cumaru Rosa. A espécie Cumaru-ferro é considerada a melhor para a construção civil.

  • Madeira Angelim

Ao lado da madeira Camaru, a madeira Angelim é muito utilizada para fabricação de janelas e portas. Tem um grande diferencial quando comparada à espécie anterior: o valor é mais em conta.

Mesmo tendo um preço bem mais em conta traz muita qualidade (é claro que a qualidade não é a mesma que a Camaru, mas é uma opção interessante).

Como é uma madeira mais porosa é ideal para quem pretende pintar as peças (a aderência da tintura é melhor).

Ela é uma espécie ideal para ambientes internos, pois em ambientes externos acaba se deteriorando muito rapidamente. Além disso, é FUNDAMENTAL que as peças estejam sem umidades, pois elas podem empenar.

A melhor espécie da madeira Angelim para porta sanfonada de madeira é a chamada Angelim Pedra, pois é a que possui as melhores características.

No caso da madeira Angelim é preciso se atentar à chamada Angelim Amargoso. Essa subespécie não é de boa qualidade e tem maior probabilidade de empenar.

Provavelmente será encontrada em preços mais em conta, mas é interessante evitá-la.

  • Madeira Tauari

A madeira Tauari não é tão requerida quanto as espécies anteriores, mas vem crescendo nesse mercado. Isso porque possui questões estéticas interessantes e o preço também é atrativo.

A característica marcante dessa madeira é a ausência de manchas, seu tronco é bem uniforme. Para quem não gosta de um visual mais rústico, talvez essa seja a madeira ideal.

Outro ponto positivo da madeira Tauari é que dificilmente ela irá dilatar e empenar. No caso da porta sanfonada de madeira, essa é uma característica fundamental.

Seu ponto negativo está na durabilidade, que é um pouco inferior à madeira Camuru e Angelim. O ideal é que seja usada em ambientes internos.

  • Madeira Peroba Rosa

A Madeira Peroba Rosa também possui baixo risco de empenamento, tornando outra possibilidade para a porta sanfonada. É muito resistente e tem uma aparência bem rústica.

As desvantagens ficam por conta de seu valor mais alto (justificado pela resistência). É um tipo de madeira mais particular e há quem não goste de seu visual.

Quanto custa uma porta sanfonada de madeira?

O valor da porta sanfonada de madeira varia muito e depende de alguns parâmetros, como:

  • Tamanho

Obviamente, quanto maior o tamanho da porta, mais cara ela será. Para locais que desejam tamanhos personalizados, há algumas marcenarias que fazem a porta sob encomenda na medida ideal.

  • Tipo de madeira

Como já foi falado, há algumas madeiras que têm o preço mais elevado que outras. Uma porta de folhas finas de Madeira Bambu, por exemplo, será bem mais barata do que uma porta de maciça de madeira Camaru.

É preciso alinhar o custo x benefício de cada produto e se o tipo de madeira atende as expectativas. Não adianta pagar barato em uma porta de qualidade inferior e colocá-la na área externa, pois ela irá se deteriorar em pouco tempo.

  • Quantidade de folhas

Normalmente, quanto maior for a quantidade de folhas na porta sanfonada de madeira, maior será o seu preço (é mais trabalho envolvido para a construção e instalação da porta).

  • Fornecedor

E, claro, o valor varia muito de fornecedor para fornecedor. Há opções mais baratas e outras mais caras do mesmo produto, mas será que isso tem alguma explicação?

A qualidade do fornecedor é essencial: atente-se

Garantir a qualidade do fornecedor é essencial para realizar uma boa compra. Como dito anteriormente, o “mesmo” produto pode ser encontrado com diferentes preços no mercado.

Por exemplo, uma porta de madeira exatamente com as mesmas dimensões pode ser encontrada em dois lugares, mas o preço das duas opções são discrepantes. Por quê?

Normalmente as portas apresentam uma variação de preço, mas costuma ser pequena e não é muito relevante. Agora, quando uma oferta está muito abaixo do preço de mercado é motivo para se atentar.

A qualidade da porta de madeira não depende somente da espécie escolhida, mas como o produto foi feito desde a sua extração.

Primeiramente, madeira muito barata pode ser sinônima de extração ILEGAL. Dessa forma, é fundamental exigir todos os certificados da madeireira antes de realizar qualquer compra de madeira.

Segundo ponto, o processo produtivo também deve seguir os pré-requisitos mínimos para um material de qualidade.

Após ser cortada, a madeira passa pelo processo de secagem. Esse deve ser feito cautelosamente e as variáveis devem ir de acordo com a espécie da madeira.

Caso contrário a peça pode ficar com umidade ou empenar. Ou seja, serão valorizados os pontos negativos da madeira, não os positivos.

Estando a madeira seca no ponto ideal, a peça começa a ser trabalhada e essa etapa também merece toda a atenção.

É preciso lixar as peças de forma adequada para que a porta sanfonada de madeira fique sem farpas ou torta. Depois disso é interessante que a madeireira passe soluções que favoreçam a durabilidade da madeira.

A madeira é um material natural e tem susceptibilidade a estragar. Mesmo que a espécie seja resistente é essencial passar um pouco de selante ou verniz. Esses materiais não tiram as características principais da madeira, mas o protegem.

A peça fica mais resistente, com baixa tendência a empenar e os produtos corretos evitam até mesmo o surgimento de cupins.

Então, se você deseja adquirir um material de qualidade, que tenha boa durabilidade e resistência, aposte em um fornecedor de qualidade.

E como descobrir isso? Pergunte sobre o processo produtivo, veja quais são as certificações da madeireira e, claro, procure saber qual é a fama do fornecedor no mercado.

A maneira mais eficiente de saber se o fornecedor oferece porta sanfonada de madeira de qualidade é através da opinião de quem já comprou seu produto.

Se o feedback for positivo da maioria dos consumidores, então muito provavelmente não haverá problemas. Agora, se muitas pessoas reclamarem, talvez adquirir a porta do fornecedor em questão não seja uma boa ideia.

Como posso pintar a minha porta sanfonada de madeira?

Muitas pessoas planejam pintar a porta sanfonada de madeira, mas será que pode?

Sim, mesmo quem já possui a porta instalada e ela não é nova pode apostar em uma pintura.

Para isso, é necessário que a madeira esteja devidamente lixada (pode começar com uma lixa grossa e, depois, ir diminuindo). Depois de lixada é fundamental limpar muito bem para retirar qualquer pó de madeira ou sujeira.

Nessa etapa a recomendação é usar uma escova grande para tirar o excesso, depois passar aspirador e, então, passar a escova (que deve estar limpa) mais uma vez.

Feito isso é importante aplicar alguma espécie de selante. Em casas de materiais de construções provavelmente será fácil de encontrar algum selante próprio para passar na madeira antes da primeira camada de tinta.

Pode ser aplicada duas ou mais camada de tinta, depende do resultado desejado (mas, normalmente, no máximo três camadas já é o suficiente).

É fundamental que durante todo esse processo a madeira esteja livre de qualquer umidade.

Para quem vai comprar a porta, uma opção é verificar com a marcenaria se eles já não vendem a porta devidamente pintada da cor desejada.

Então, resumindo: a porta sanfonada de madeira é um modelo muito elegante e que proporciona maior aproveitamento de espaço. Cabe em diversos ambientes e a escolha da espécie da madeira, assim como o fornecedor, deve ser bem pensada!

 
×